domingo, 15 de julho de 2012

Tubarão-branco


O grande Tubarão-brancoCarcharodon carcharias -, é um dos maiores peixes predadores existentes. Pode alcançar 7,5 metros de comprimento e pesar até 2,5 toneladas. Vive na costa de todos os oceanos, desde que haja populações adequadas à sua alimentação, particularmente pinípedes. A espécie dos tubarões brancos é a única que sobrevive atualmente e pertence ao gênero Charcharodon.




Distribuição do Tubarão-branco pelo mundo - em azul -.

O tubarão-branco é individualista, instável e muda o comportamento com frequência. Possui centenas de sensores elétricos na parte frontal do corpo, com os quais capta até as batidas cardíacas de outro animal, mesmo distante. Pelo ritmo das pulsações, avalia se a vítima está assustada ou tensa, situação em que pode ser dominada mais facilmente. O seu bote é uma cena única. O tubarão-branco é capaz de projetar sua boca para fora da face, aumentando o tamanho da mordida para, aproximadamente, um metro e meio, quase o suficente pra engolir um homem em pé.

                                                                                                                                                                                 Imagem, fotos fot.br.
                                                                                                                                                                                                                
Ao contrário da 'má fama' conforme apresentada pelos filmes, o tubarão-branco não caça pessoas para se alimentar, ele gosta mesmo é de gordura, o que é abundante nas focas, leões e elefantes marinhos, e escassa nos seres humanos. Muitas vezes, um tubarão pode confundir surfistas deitados em suas pranchas, remando com as mãos, com um espécime que faz parte de sua dieta alimentar.


Apesar do seu tamanho, o tubarão-branco está ameaçado. No ano passado, uma das mais importantes organizações ambientalistas do mundo o colocou no livro vermelho de espécies em risco de extinção. Esta medida foi tomada por três motivos: 
1 - o tubarão-branco é naturalmente raro, tendo apenas um ou dois filhotes por gestação; 
2 - tem uma das mais baixas taxas de procriação entre os peixes;
3 - é perseguido tanto por aqueles que gostam de enfrentar um animal perigoso, como por aqueles que o temem.


A ciência no momento sabe muito pouco sobre esse formidável organismo, tão bem adaptado que quase não se alterou nos últimos 60 milhões de anos. 
Os pesquisadores ficam impressionados com o sua capacidade sensorial, que consegue detectar minúsculos campos elétricos gerados pelo organismo dos outros animais. Podem sentir um campo elétrico até 20.000 vezes menores que 1 volt, equivalente ao da batida do coração de um peixe. O olfato do tubarão-branco também é muito importante, é capaz de perceber uma gota de sangue numa piscina. 



A espécie prefere reproduzir-se em águas temperadas, na primavera ou verão, e é ovovivípara. As crias de 1,20 metros de comprimento e dentes serrados  que nascem, imediatamente se evadem da mãe para evitar serem devoradas por ela. A partir daí levam uma vida solitária, crescendo a um ritmo bastante rápido, alcançando 0s 2 metros no 1° ano de vida. As fêmeas ficam aptas à reprodução quando atingem 4,5 a 5 metros de comprimento.



Classificação,
  • Reino: Animalia
  • Filo: Chordata
  • Classe: Chondrichthyes
  • Sub-classe: Elasmobranquii
  • Super-ordem: Selachimorpha
  • Ordem: Lamniformes
  • Família: Lamnidae
  • Gênero: Charcharodon
  • Espécie: Charcharodon Carcharias.


 O interesse pelo tubarão-branco entre o grande público cresceu depois do lançamento do filme 'Tubarão, Jaws', onde a espécie é mostrada como um 'monstro predador'.
Sinopse do filme - 'Um terrível ataque a banhistas é o sinal de que a praia da pequena cidade de Amity, EUA, virou refeitório de um gigantesco tubarão-branco, que começa a se alimentar dos turistas. Embora o prefeito queira esconder os fatos da mídia, o xerife local (Roy Scheider) pede ajuda a um ictiologista (Richard Dreyfuss) e a um pescador veterano (Robert Shaw) para caçar o animal. Mas a missão vai ser mais complicada do que eles imaginavam.'


                                                                                              © Universal Studios.


Fontes, Wikipédia | Biologia N'água | Universal

Assista ao vídeo,

Enviado por JOELCAETANO2007 em 09/10/2007         |        DiscoveryNetworks
'um ataque de tubarao branco contra uma foca de 90 kilos,veja a força descomunal deste predador.'

2 comentários:

  1. Venho aqui convidá-lo a divulgar os posts do seu blog em um novo agregador de notícias...
    www.noticias.googli.blog.br

    ResponderExcluir
  2. Gostei muit, visite também meu site e comente:

    http://lucrarcomblog.blogspot.pt/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...