Mãe

Minha homenagem às mães, especialmente à que está ao meu lado, minha Vida, exemplo de afeição e dedicação aos filhos.






Café da Manhã na Cama


Mary Cassat


Artista americana nascida em Allegheny City, Pennsylvania, hoje pertencente a Pittsburgh, foi fundamental para a aceitação do movimento artístico impressionista nos Estados Unidos.

Filha de um bem sucedido homem de negócios, graças à boa situação econômica de sua família, cresceu em um ambiente de muitas viagens e antes dos seus 10 anos já tinha visitado muitas capitais européias, incluindo Londres, Paris e Berlim


Iniciou seus estudos  artísticos na  Pennsylvania  Academy of the Fine Arts in Philadelphia, Pennsylvania (1861-1865).  Foi morar em Paris em 1866, onde expôs pela primeira vez em 1874 e seu trabalho causou admiração no famoso pintor francês Edgar Degas (1834-1917), que a apresentou ao círculo de pintores impressionistas. A forte influência desses artistas, aliada à delicadeza do colorido e da precisão do traço, características adquiridas a partir das gravuras japonesas expostas em Paris (1890), determinaram o estilo de sua obra posterior. 


Por causa de problemas de visão, parou de pintar em 1914 e, vítima de diabetes e reumatismo, morreu em Château de Beaufresne, perto de Paris, sendo sepultada no Mesnil-Théribus. Devido a influência de Degas, seus trabalhos foram marcados com ênfase no estilo suave ou lírico da pintura.


Verão

Perfil da Mulher Italiana

Credit, NetSaber.

Comentários

  1. - Parabéns Chico F. - por ter a sua mãe do seu lado! -, e pela bela representação artística de Mary Cassat

    ;-)

    Até logo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário Edson...
      Esclarecendo, 'à que está ao meu lado, minha Vida', é minha mulher.
      Um abraço.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas