As sombras dos anéis de Saturno



As sombras dos anéis de Saturno, 'desenhadas' na superfície, aparecem como uma faixa fina no equador nesta imagem obtida quando o planeta se aproximava de seu equinócio em agosto de 2009.
A iluminação que acompanha o equinócio, quando o ângulo em que a luz do Sol incide no planeta é mais baixo, escurece os anéis de forma significativa e produz estruturas fora do plano o que favorece a observação de contrastes estruturais mais ou menos brilhantes através dos anéis.

Essas imagens se apresentam durante os poucos meses que antecedem e logo após o equinócio de Saturno, que ocorre apenas uma vez no período equivalente a 15 anos terrestres. Antes e depois do equinócio, as câmeras da Cassini captaram não apenas as sombras previsíveis de algumas das luas de Saturno, mas também as sombras das recém-reveladas estruturas verticais nos anéis.

O hemisfério sul do planeta pode ser visto através do anel transparente D no canto inferior direito da imagem. Foram adicionados nos anéis mais brilho, com fator 9.5, em relação ao planeta, para melhorar a visibilidade.

Essa imagem foi feita com as câmeras apontadas para o norte, o lado não iluminado dos anéis, com a sonda num ângulo de, aproximadamente, 30º acima do plano dos anéis.
Foram utilizados filtros espectrais em vermelho, verde e azul que, combinados, produziram a imagem em cor natural.

As imagens foram obtidas pelas câmeras da nave Cassini, com uma grande angular, em 18 de julho de 2009, a uma distancia aproximada de 2,1 milhões de quilômetros (1,3 milhões de milhas) do planeta. 

A escala da imagem acima é de 122 km/pixel (76 milhas/pixel).

A missão Cassini-Huygens é um projeto cooperativo da Nasa, da Agência Espacial Européia e da Agência Espacial Italiana. O Laboratório de Propulsão a Jato - JPL -, uma divisão do Instituto de Tecnologia da Califórnia, em Pasadena, administra a missão de ciência da  NASA’s Science Mission Directorate, Washington, D.C. A Cassini e suas duas câmeras a bordo foram projetadas, desenvolvidas e montadas no JPL. O centro de operações está sediado no Instituto de Ciência Espacial em Boulder, Colorado.


FonteSpace Fellowship.

Comentários

Postagens mais visitadas