Nebulosa planetária IC 418



A IC 418 é uma nebulosa planetária na constelação de Lepus¹, situada a 2000 anos-luz da Terra e tem cerca de 0,3 anos-luz de diâmetro. É conhecida também como Nebulosa do Espirógrafo, a sua forma lembra os desenhos geométricos que se realizam com um espirógrafo.



                                                               Imagem, ©NASA, Hubble Heritage Team (STScI/AURA). 

A imagem da nebulosa obtida pelo Hubble permite estabelecer a diferença entre a emissão de nitrogênio ionizado - o gás mais afastado do núcleo e o menos quente -, a emissão de hidrogênio - na parte intermédia -, e a emissão de oxigênio ionizado - o gás mais quente e o mais próximo do núcleo -.
No centro da nebulosa encontra-se uma estrela nas etapas finais da sua evolução estelar. Há poucos milhares de anos, era uma gigante vermelha. Ejetou as suas camadas exteriores para o espaço formando a nebulosa. O remanescente estelar, o núcleo da estrela, emite radiação ultravioleta provocando a fluorescência do gás que o rodeia. No decorrer do tempo a nebulosa irá se dispersando no espaço, ficando o seu centro uma anã branca, que devagar irá esfriando.

                 Imagem, Constelação de Lepus, ©2003 Torsten Bronger.

¹Lepus (Lep), a Lebre, é uma constelação do hemisfério celestial sul, abaixo da constelação de Orion e, possivelmente, representando uma lebre sendo caçada por Orion, o caçador.

Comentários

Postagens mais visitadas