Saudade...


Saudade...
Neste momento é o que sentimos...é o que sinto...
Saudade tua... saudade da tua presença.
Saudade das tuas palavras, do teu carinho.
Saudade daquela pessoa que sempre tive o prazer de chamar 'mãe'.
Mãe que outrora tive, agora não tenho mais.
Saudade das nossas conversas... saudade do teu sorriso, da tua alegria, dos teus ensinamentos, da tua sabedoria...
Sentia-me bem ao teu lado, segura e protegida.
Sinto imensa saudade desse amparo de outrora...
Hoje não tenho mais esse abrigo... Agora, sinto imensamente a tua falta, mãe...
Tudo passou, não existe mais... e sei que essas circunstâncias jamais se repetirão, porque esse tempo já se foi!
Hoje o que resta? Nada...não resta nada que não seja essa saudade que embrenhou-se em mim.
Apenas lembranças que para sempre irão ficar...Gratas lembranças!
Saudade... quanta saudade de ouvir tua voz... de quando, na existência de algum perigo, quando manifestava meus receios, você segurava minha mão, me protegia, me consolava...
Nos últimos tempos, tentava eu te proteger...mas fica aquele sentimento de que poderia ter feito mais e melhor...
São muitos detalhes inesquecíveis.
Saudade, mãe...
Tu foste... eu fiquei...
Hoje, minha mãe Maria, minha doce Madá, nos perdemos no tempo, no espaço, em caminhos diferentes...
Mesmo assim... até sempre... na eternidade... minha amada mãe.
Claudete

Comentários

Postagens mais visitadas