Em Bornéu, 160 novas espécies descobertas

[Image source, Naturalis].

Na ilha de Bornéu, Malásia, expedição de 40 biólogos encontrou cerca de 160 indivíduos novos, entre animais e vegetais. Para isso, coletaram ao redor de 3.500 amostras de DNA, de mais de 1.400 espécies.

Os pesquisadores do Sabah Parks da Malásia e do Centro de Biodiversidade Naturalis,  Naturalis Biodiversity Centerda Holanda, vasculharam a região do Monte Kinabalu, ponto culminante da região.
Essas informações foram veiculadas pela Naturalis, que vai analisar o código genético das amostras das plantas, fungos e animais recolhidos em especial das novas espécies.
As aranhas e fungos estão entre os mais encontrados. Percevejos, besouros, caracóis, moscas, samambaias, cupins e sapos estão entre as possíveis descobertas.

[Image source, Jori van Alphen].

[Image source, Jori van Alphen].

[Image source, Luis Morgado].

[Image source, Luis Morgado].

[Image source, Jori van Alphen].

A pesquisa, segundo o especialista Menno Schilthuizen, da Naturalis, vai atrás de respostas sobre a evolução de animais e plantas. 

O Monte Kinabalu, está localizado no Kinabalu National Park, na província de Sabah, na região da ilha de Bornéu pertencente à Malásia. Tem 4.095 metros (13.432 pés). É a terceira maior montanha do sudoeste da Ásia atrás do Hkakabo Razi em Myanmar e do Puncak Jaya na Indonésia.

[Image source, Eight Up].

Clique nas imagens acima para vê-las em tamanho maior.

[Credit, Naturalis].
[Sources, G1 | hypescience | Naturalis].

5. Titanoboa        

Comentários

Postagens mais visitadas