Voyager-1 na fronteira do Sistema Solar

[Image credit, ©NASA/JPL-Caltech].

Sonda Voyager ainda não deixou Sistema Solar, diz NASA.


'A equipe da Voyager, NASA, está ciente dos relatórios de que a Voyager-1 deixou o Sistema Solar', disse Edward Stone, chefe da missão Voyager baseado no JPL-Jet Propulsion Laboratory, Institute of Technology, em Pasadena, Califórnia. 'É o consenso da equipe científica que a Voyager-1 ainda não saiu do Sistema Solar e nem alcançou o espaço interestelar'.



Voyager 1 Explores the 'Magnetic Highway' [Image credit, ©NASA/JPL-Caltech].

Em dezembro de 2012, a equipe científica informou que a Voyager-1 já se encontrava dentro de uma nova região no confins do nosso sistema solar, sendo esta a área final que a sonda tem de atravessar antes de atingir o espaço interestelar. Esta região foi chamada 'rodovia magnética', onde as partículas energéticas mudam bruscamente de intensidade. 'Uma mudança na direção do campo magnético é o último indicador crítico da chegada ao espaço interestelar, e essa mudança de direção ainda não foi observada', diz Stone.
A Voyager-1 foi lançada em 5 de setembro de 1977 e a Voyager-2, sua irmã gêmea,  em agosto do mesmo ano. As duas  estão viajando em sentidos opostos.
O objetivo inicial das duas sondas era estudar os planetas Júpiter, Saturno, Urano e Netuno, tarefa que elas completaram em 1989.
A partir daí, seguiram um curso que as levará rumo ao centro da Via Láctea. Como são movidas a plutônio, espera-se que elas tenham energia suficiente para concluir o longo debate, que já dura vários anos, sobre sua saída do Sistema Solar.
Para mais detalhes sobre a missão Voyager, acesse,


Clique nas imagens para vê-las em full size.

[Sources, NASA/JPL-Caltech|Inovação Tecnológica].

Comentários

Postagens mais visitadas