Mente aberta


Como ser mente aberta
Você está cansado de olhar o mundo da mesma maneira de sempre, à moda antiga? As pessoas ao seu redor já disseram que você enxerga somente um lado da história? Se a resposta é sim, é hora de ampliar seus horizontes e melhorar sua vida, para que você possa ser mais mente aberta. Pessoas de mente aberta levam vidas excitantes, equilibradas e cheias de curiosidade, e você pode ser uma delas com um pouco de trabalho extra. Veja a seguir algumas sugestões para se tornar um mente aberta.


Ajustando sua perspectiva
      
Abrace o desconhecido.
Se você quer ser mais mente aberta, a primeira coisa que precisa fazer é experimentar algo que seja novidade para você. Claro, isso pode ser bem amplo, mas o desconhecido pode significar algo tão simples quanto pegar um caminho diferente para ir ao trabalho, aceitar aquele convite para um café ou assistir a um filme de um diretor dito de vanguarda. Se você quer ser mais mente aberta, então precisa experimentar algo novo por semana - ou melhor ainda -, por dia.
  • Você ainda não foi ao novo restaurante da cidade porque não quer mudar? Agora é a hora de conhecê-lo!
  • Você tem evitado entrar num curso novo de idiomas porque acha que é velho demais ou não tem tempo? Faça sua matrícula em uma escola ou participe de um curso on-line!
  • Você tem medo de não saber o que fazer, e por isso não se matriculou ainda numa academia de natação? Vá fazer uma aula de testes, e verá que não é tão complicado quanto pensa que é.
Não critique nada sem conhecer. 
Pessoas de mente fechada são conhecidas por formarem opinião negativa de coisas que nunca experimentaram. Elas podem odiar aquela cafeteria no centro da cidade, sem nunca terem colocado um pé dentro dela, ou acharem que a ufologia é um movimento completamente idiota, mas nunca tentaram entendê-lo. Então, da próxima vez que notar que está dando uma opinião negativa sobre algo, pergunte-se quais as evidências que tem para basear suas ideias.
  • Se você não encontrar evidências que dão base à sua ideia, então você deve experimentar, pesquisar a coisa antes de emitir algo a respeito.
  • Se suas únicas evidências vêm de fontes tendenciosas, como seu blogueiro favorito, as notícias daquela emissora de TV de canal aberto ou o melhor amigo que concorda com tudo e com todos, então essas evidências não são confiáveis.
Apenas diga "sim" ao invés de dizer "não". 
Se você quer ser mais mente aberta, tem que começar a dizer "sim" para coisas que normalmente diria "não". Pare de dizer "não" às coisas e passe a dizer que gostaria de entender, de experimentar. Você ficará surpreso quando notar que sua perspectiva irá mudar graças a isso.
  • Da próxima vez que você disser um "não", pergunte-se qual o motivo por trás desse impulso: é o medo do desconhecido? Uma falta de vontade de sair da sua zona de conforto? O desejo de ficar em casa curtindo sua rotina, ao invés de sair e conhecer pessoas e coisas novas? Encare o que estiver sentindo, faça uma análise crítica e encontre um jeito de lutar contra isso.
Aprenda a examinar as situações diferentes de diversos ângulos. 
É mais fácil falar do que fazer, claro. Digamos que você é um liberal de direita e defende a privatização de estatais. Você tem as suas convicções. Você deve pensar que essa manobra política é a maneira correta de encaminhar soluções e que você não precisa mudar isso, tudo está correto, mas, veja bem, você deveria ter conhecimento dos argumentos do outro lado, ouvir o que as outras pessoas dizem. Você pode perceber que os outros tem novas e boas ideias, e mesmo não achando isso, essa atitude fará com que você fortifique sua opinião, porque se tornará mais bem informado.
  • Leia sobre como outros países lidam com suas próprias administrações. O nosso país poderia absorver dos demais boas soluções às suas mazelas. Ver como os problemas são solucionados em outras partes do mundo pode dar a você uma noção melhor das diversas situações, seja a luta contra o crime, um meio eficaz de melhorar e ampliar o setor carcerário, um modo eficiente de minimizar a corrupção nos diversos setores da economia, a forma de lidar com adoções, aposentadorias ou visualizar serviços de saúde pública mais eficientes. 
  • Digamos que você seja um católico fervoroso. Você já tentou ler sobre outras religiões, ou entender as razões por que algumas pessoas não acreditam na existência de Deus? Colecione essas opiniões e tente entender as diferentes perspectivas. Isso não significa que você deva mudar de ideia, mas isso o ajudará a ter uma visão mais aberta, o horizonte mais amplo.
Comece um hobby completamente novo. 
Esta é uma forma excelente de ajustar sua perspectiva e se tornar mais mente aberta. Tente fazer pintura ou desenho, jogar futebol com amigos, fotografia ou qualquer outra atividade que nunca tenha tentado antes, sobre a qual não sabe muito e na qual não pensa ser particularmente bom. Matricule-se para fazer aulas de idiomas ou tente um curso on-line que muitas vezes pode ser gratuito. Você irá encontrar pessoas e vai aprender a olhar o mundo de uma nova forma.
  • Quem sabe se o seu novo hobby pode se tornar algo permanente e prazeroso. E se você descobrir realmente ter uma inter-relação positiva por algo, sua visão de mundo irá melhorar. Dedicação pela pintura, por exemplo, mudará sua forma de ver e sentir o mundo.
Mude sua rotina. 
Pessoas de mente fechada tendem a fazer as mesmas coisas todos os dias, porque elas estão convencidas de que não seriam felizes fazendo algo diferente, comendo algo estranho ou indo ao trabalho por outro caminho. Então, faça isso. Não coma sempre pão com manteiga, experimente um pouco de mortadela e um suco de laranja. Ao invés de ir à academia depois do trabalho, experimente caminhar um pouco pela manhã. E não vá direto para casa depois de um dia na empresa ou escola, se reúna e jogue conversa fora com seus colegas ou amigos.
  • Ficará surpreso porque vai passar a ver o mundo de uma forma diferente quando sai do seu dia-a-dia rotineiro.
  • As rotinas são uma boa forma de trazer organização e estabilidade à sua vida, e não há nada de errado com elas. Mas se você quer ser mais mente aberta, mudar as coisas de vez em quando vai fazê-lo ver que há novas formas de tocar sua vida.
  • Digamos que você planejou passar o fim de semana todo assistindo a jogos de futebol do campeonato regional ou jogos de ligas europeias ou mesmo uma maratona do seriado favorito enquanto come batata frita ou pipoca. Se amigos convidá-lo para ir a um restaurante de última hora, se você realmente quer começar a mudar sua vida para melhor e for mais aberto a novas experiências, é melhor você aprumar os ossos e dizer "sim".

Ampliando os horizontes

Eduque-se. 
Se você quer ser mais mente aberta, você deve expandir seus horizontes de todas as maneiras possíveis. Educar-se é uma ideia ampla, e você pode conseguir isso indo à escola, fazendo cursos on-line como os do duolingo ou apenas lendo mais livros e assistindo tutoriais do Youtube e matérias do wikiHow para aprender a fazer e entender as coisas. Quando mais conteúdo você tiver, mais as suas opiniões se tornarão equilibradas. Educar-se também o ajudará a manter-se firme em suas convicções. Se você é alguém que gosta de argumentar, o conhecimento irá ajudá-lo a ser mais aberto em relação ao ponto de vista do interlocutor.

Leia mais. 
É difícil ser mente aberta sem ler! E você deve buscar coisas diferentes: livros de aventura, drama, ficção ou, revistas, jornais, blogs, e praticamente qualquer tipo de material de leitura. Essa prática irá enriquecer sua vida e fará você entender que há uma quantidade infinita de formas de viver e aproveitar a vida. Leia sobre um país que não conhece, ou sobre um movimento político diverso do seu. Quanto mais tomar conhecimento das coisas, de tudo, ficará mais capacitado de tomar decisões inteligentes e ser mais mente aberta.
  • Crie uma conta no skoob e busque ler pelo menos três livros por mês, para começar. Veja o que outras pessoas estão lendo e se inspire.
  • Passe um bom tempo em uma livraria passeando pelas capas até encontrar um livro que se identifique com você. Então, defina como meta, lê-lo em um determinado tempo.
Viaje tanto quanto puder. 
Muitas pessoas têm um orçamento limitado, mas você deve criar o hábito de viajar sempre que tiver dinheiro para isso. Se você realmente tem pouco dinheiro, vá para algum lugar próximo que seja divertido, e tente aprender alguma coisa nova. Se você tem dinheiro sobrando, o que não é fácil nos dias de hoje, visite as ruínas maias, no México, conheça a cultura inca, no Peru, os museus do Prado ou Louvre ou passe um fim de semana "escorregando"  e "caindo" na neve em Bariloche.
  • Se você não pode pagar por viagens, assista a canais de viagens. Apesar de não ser tão excitante como ir ao lugar, isso será suficiente para dar a você uma perspectiva de como as pessoas vivem em outros países.
  • Seja voluntário em outro país. Essa é uma ótima forma de ter tempo suficiente para explorar um lugar novo.
Aprenda uma língua estrangeira. 
Aprender uma língua estrangeira é uma ótima forma de ampliar seus horizontes além do conforto da sua casa. Há diversos sites nos quais você pode aprender, como o duolingo, ou você pode ir a uma escola ou contratar um professor particular. Você irá entender como funciona outro sistema linguístico, e acabará tendo um entendimento melhor do seu. Você também adquirirá informações sobre uma cultura estrangeira e entenderá melhor o mundo.
  • Se você realmente se empolgar com a língua, pode encontrar falantes nativos com quem falar. Isso irá ajudá-lo ainda mais a entender países distantes.
  • Você pode assistir a filmes estrangeiros na língua que está aprendendo para ter uma noção exata de como as pessoas falam. Além disso, você conseguirá ver melhor a cultura que está aprendendo.
Saia da sua zona de conforto. 
Você pode ter medo de alturas. Medo de avião. Faça uma viagem aérea de curta duração. Fique em pé no topo de um prédio protegido pelo parapeito, claro. Odeia ir a restaurantes barulhentos? Marque um encontro em um e veja se sobrevive. Tem medo de conhecer novas pessoas? Frequente as baladas, bares ou deixe que seus amigos o arrastem para alguma festa. Faça disso um hábito, e você notará que sua mente se abre aos poucos.
  • Escreva cinco coisas que deixam você realmente desconfortável. Encontre uma forma de fazer a maior quantidade delas que puder. Isso irá demandar tempo e coragem, mas você se sentirá melhor depois.
Eduque-se quando assistir TV. 
Não importa se você assiste a apenas uma hora de TV por semana ou quatro horas por dia, você sempre pode assistir algum programa que abra sua mente, ao invés de fechá-la ainda mais. Deixe de lado as reprises de programas que você já viu várias vezes, e pare de assistir à TV aberta. É hora de assistir ao History Channel, Discovery, National Geographic ou outro canal similar. Ver se tem algum filme clássico rodando ou assistir a um documentário sobre o meio ambiente.
  • Não assista nada que o faça sentir-se mais burro. É melhor olhar para a parede ao invés disso.
  • Dê uma olhada nos canais de cultura. Você aprenderá a ver filmes clássicos de um ponto de vista diferente, e pode mudar sua opinião sobre as coisas realizadas anos anteriores. Observe a evolução de tudo, como a vida mudou ao longo dos anos.
Coma algo diferente. 
Você pode gostar de comer quase sempre seus três pratos favoritos, mas se quer ser mais mente aberta, precisa conhecer o novo restaurante de comida tailandesa que todos estão falando. Nunca provou nenhuma comida típica mexicana? Nunca é tarde demais para começar.
  • Claro, comida italiana e brasileira são as favoritas de todos, mas se você quer estar aberto a novas experiências, então deve provar coisas novas, mesmo que não tenha a menor ideia do seu sabor.
  •  Se você está experimentando uma culinária completamente diferente, procure ir com um amigo que entenda dela e saiba exatamente o que pedir. Isso irá aumentar suas chances de se divertir.

Aceite aquele convite gastronômico de amigos. 
Da próxima vez que algum amigo convidá-lo para jantar com a participação das famílias, não invente uma desculpa esfarrapada. É óbvio que conhecer os pais ou irmãos de amigos pode ser um pouco intimidador, e entender a dinâmica de outra família nem sempre é fácil. Mas passar um tempo com seu amigo e familiares mostrará a você diferentes formas de se viver, e que aquela na qual você cresceu não é a única.
  • Os pais do seu amigo podem ser mais engraçados, severos, divertidos, quietos ou amigáveis que os seus. Nenhuma família é igual à outra, e você verá que todas as famílias têm coisas boas e ruins.

Escute notícias no rádio ao invés de músicas. 
Quando estiver no transito ou em casa, desligue aquela cantora chata e escute algo falado. Claro, a música pode deixá-lo animado, mas nada o deixará mais acordado, mais vivo, do que uma cutucada que force o seu pensamento. Faça um pacto de ouvir notícias ou algo similar e veja o quanto aprenderá.

Também é possível baixar Podcasts(1) sobre diversos tópicos.

Ser mente aberta com os demais

Aproxime-se e tente fazer amizade com alguém. 
Pode ser difícil ir atrás de pessoas. Se você encontrar alguém que sente não ser compatível consigo, seja amigável e tente um bate papo informal. Você se tornará mais mente aberta e pode até acabar fazendo um novo amigo no processo.
  • Vocês não se entenderam bem? Deixa pra lá, mas você não pode se culpar, pois você tentou.
  • Lembre-se de que as pessoas podem também ter um estereótipo ou pensamento negativo sobre a pessoa que você é. Nos contatos realizados você pode ajudar os outros a abrirem mais suas mentes pelo simples fato de dividir sua perspectiva.
Não julgue alguém até conhecer sua história. 
As pessoas que têm dificuldade de serem mentes abertas são conhecidas por julgarem os outros antes mesmo de conhecê-los. Se você tem uma tendência de julgar as pessoas assim que as conhece, ou mesmo quando ouve falar delas ou as vê de passagem, então você precisa aprender a lidar com isso e tratar cada pessoa de um modo diferente, sem julgá-la por sua aparência, sotaque ou origem.
  • Isso pode ser difícil se você está acostumado a formar opiniões rapidamente sobre alguém baseando-se na aparência ou nos primeiros cinco minutos de conversa. Olhe-se no espelho. Você acha que as pessoas saberão tudo a seu respeito depois de olharem para você por cinco minutos? Provavelmente não.
  • Da próxima vez que conhecer alguém, tente realmente entender quem ele ou ela é antes de formar qualquer tipo de opinião.
  • Você pode ser aquele tipo de pessoa enciumada ou que repudia instantaneamente qualquer amigo que seus amigos fazem, porque é possessivo. Ao invés disso, pense assim: se seu amigo gosta dessa pessoa, então deve haver algo de bom nela. Tente descobrir o que é.

Faça perguntas às pessoas. 
Se você tem a mente fechada, então tem a tendência de pensar que não tem nada a aprender com os demais. Então, da próxima vez que conhecer uma pessoa ou falar com um velho amigo, faça mais perguntas do que você normalmente faria, sem soar como um interrogatório. Pergunte a ela o que tem feito, como está o seu dia-a-dia no trabalho ou se está lendo algo de bom ultimamente. Você vai  aprender com isso e se surpreenderá o quanto o papo vai fluir.
  • Se alguém acaba de voltar de uma viagem,  pergunte por todos os detalhes.
  • Se você conhece bem uma pessoa, pergunte sobre sua infância, sobre sua vida passada. Você pode acabar ouvindo detalhes interessantes e aprender algo novo.

Entre em debates amigáveis. 
Se você é mente fechada, pode gostar de questionar um assunto que tenha certeza de estar convicto. Bem, da próxima vez na qual você estiver no meio de um pequeno debate, tente agir de forma mais amigável e curiosa. Não diga à pessoa que todos os seus argumentos estão errados, mas pergunte exatamente porque você deveria acreditar na perspectiva proposta. Você não vai mudar sua mente, mas definitivamente irá aprender algo novo.
  • Você não quer desenvolver a reputação de ser o cara que argumenta com todo mundo até que a pessoa desista. Ao invés disso, busque ser amigável, não agressivo, mesmo se você realmente é apaixonado pelo assunto.
E, finalizando.
  • Tente pensar sobre as coisas antes de fazê-las ou dizê-las;
  • SEMPRE esteja aberto para aprender algo novo. Você morre por dentro quando para de aprender. O mundo está sempre mudando. Não morra junto com os velhos tempos, viva com o novo;
  • Tente passar suas ideias aos outros de modo amigável, ao invés de impor seu ponto de vista;
  • Importante! Não é porque você está de mente aberta que precisa aceitar TUDO. Não! Sempre ouça a opinião de uma pessoa, reflita, pense sobre aquilo racionalmente antes de acreditar.
  • Ser mente aberta é ser racional, livre de preconceitos, capaz de ouvir opiniões contrárias às suas e ponderar sobre elas.
"A vida é uma inspiração permanente e exige olhos atentos. 
Observe o seu exterior e conforte a sua alma. É dessa forma que alcançará um verdadeiro conhecimento de tudo. Nunca tenha medo de errar e, simplesmente, atreva-se a viver com uma mente aberta".

(1)Podcast é uma forma de transmissão de arquivos multimídia na Internet criado pelo próprio usuário. Nestes arquivos, as pessoas disponibilizam listas e seleções de músicas ou simplesmente falam e expõem suas opiniões sobre os mais diversos assuntos, como política ou o capítulo da novela. Pense no podcast como um blog, só que ao invés de escrever, as pessoas falam. Podendo ser ouvidos a qualquer hora, os podcasts criam uma espécie de radio virtual direcionada para assuntos específicos, ou seja, de acordo com as características de cada ouvinte. Além do mais, esses arquivos podem ser escutados perfeitamente em um player portátil. [Fonte, Tecmundo].
[Fontes, WikipédiAwikiHow].



Comentários

Postagens mais visitadas