Rememorando o século XX

Rememorando o século XX
O século se iniciava de modo promissor e ao mesmo tempo perigoso. A aurora de 1901 se anunciava esplendorosa, mas nuvens negras, em lenta caminhada, pairavam acima da luz“ - escreveu Geoffrey Blainey em seu livro "Uma Breve História do Século XX" -.

Primeira década, 1901 - 1910

Primeira Década do Século XX compreende o período entre 1º de janeiro de 1901 e 31 de dezembro de 1910. Como o calendário adotado no mundo todo é o gregoriano, que não possui o ano zero, a contagem do tempo do século passado iniciou a partir do ano um, isto é, em 1901.
A primeira década, com o advento da Segunda Revolução Industrial, foi caracterizada por avanços tecnológicos e econômicos no campo dos transportes, do desenvolvimento crescente de barcos a vapor, navios, ferrovias, da fabricação em larga escala de máquinas e do aumento no uso de fábricas que utilizavam a energia a vapor. Houve o desenvolvimento da aviação e dos automóveis. Foi o início também da chamada arte moderna(1) com os movimentos culturais pós-romantismo.

(1)arte moderna - expressão e produção artística que iniciou no final do século XIX, abrangendo os mais diferentes tipos de arte como pintura, escultura, literatura, música, fotografia, arquitetura.


[Bellesguard, Obra de Antoni Placid Gaudí i Cornet]


A Torre Bellesguard, que significa em catalão, bela vista, também conhecida como Casa Figueres, é um solar modernista localizado em Barcelona, desenhado pelo arquiteto catalão Antoni Gaudí. Foi construído entre 1900 e 1909. [Imagem, Enfo].


arte moderna teve influência direta com a escalada da revolução industrial que caracterizava uma mudança muito rápida de tudo mas, de forma desorganizada e caótica. Todas as coisas eram efêmeras, denotavam uma sensação de realidade fragmentada. As obras criadas no período do Modernismo, que durou até meados do século XX, demonstram muito bem todos esses sentimentos desagregados.


[Imagem do topo, o 14-bis de Santos Dumont sendo testado no campo de Bagatelle, em julho de 1906. Autor desconhecido - Museu Casa Natal de Santos Dumont].


Quanto à invenção de um aparelho mais pesado que o ar, muitos creditam aos Irmãos Wright o primeiro voo realizado em 17 de dezembro de 1903, porém não houve a presença de testemunhas confiáveis e foi utilizada na ocasião uma catapulta.
[Imagem do voo do Flyer dos Irmãos Wright, realizado em 1903, sem a presença de testemunhas. O Flyer, possivelmente, foi um dos primeiros aviões da história | fotografia, John T. Daniels].
 Em 23 de Outubro de 1906, Alberto Santos-Dumont realizou o voo do 14-bis, na presença de várias testemunhas e jornalistas que registraram a façanha, bem como a constatação que o veículo voou sem ajuda de equipamentos de solo.

No início do século, a linha de produção de automóveis em larga escala e a preços acessíveis foi lançada por Ransom Olds em sua fábrica Oldsmobile em 1902. O Ford-T de 1908, produzido pela norte-americana Ford, impulsionou a produção em série, popularizou o automóvel, revolucionando a indústria automobilística. Era um veículo robusto, confiável, muito seguro, simples de dirigir e, principalmente, barato. Qualquer pessoa era capaz de dirigi-lo ou consertá-lo, sem necessidade de motorista ou mecânico. O modelo T foi lançado no mercado em 1º de outubro de 1908 e foi produzido por 19 anos. 
[Fonte, WikipédiA | Imagem, Ford modelo T, carrosantigos].


[Ford modelo T pickup 1919 | Imagem, Writegeist].
No que tange à evolução e desconcerto entre nações, neste início de século XX, o Império Britânico continuava mudando, depois que algumas de suas colônias se tornaram mais independentes. O Japão pela primeira vez foi reconhecido como potência mundial devido ao seu sucesso na guerra Russo-japonesa.
 A guerra conhecida como Russo-japonesa foi um conflito entre o Império do Japão e o Império Russo. Estas nações disputavam na época de 1904 -1905 os territórios da Coreia e Manchúria. O conflito ocorreu no nordeste asiático e abalou o regime político do czar Nicolau II da Rússia ficando a nação russa ainda mais debilitada por uma série de revoltas internas em 1905 envolvendo operários, camponeses, marinheiros - como a revolta no couraçado Potemkin - e soldados do exército.

Com a destruição das frotas do Pacífico e do Báltico e com o exército imperial batendo em retirada na Manchúria, o governo russo encontrou dificuldades para enviar reforços. Como a economia se mostrava cada vez mais frágil, a guerra acabou se tornando impopular. O czar aceitou a rendição pelo Tratado de Portsmouth, depois do chamado domingo sangrento. Em 5 de setembro de 1905, russos e japoneses assinaram os termos de paz. A Rússia além de reconhecer a soberania japonesa sobre a Coreia, teve que abandonar a Manchúria, ceder Port Arthur, a península de Liaodong e metade da ilha Sacalina.

Em 1905 houve a chamada revolução russa, um movimento espontâneo, antigovernamental, que se espalhou por todo o Império. Esse movimento era carente de liderança, direção e controle e seus objetivos não eram muito precisos. Pode ser considerada como o marco inicial das mudanças sociais que culminaram com a Revolução de 1917, período de conflitos que derrubou a autocracia russa e levou ao poder o Partido Bolchevique, de Vladimir Lênin.

Em Portugal, mais precisamente em 1908, ocorreram alguns movimentos revolucionários que mudaram o país, culminando com o assassinato do Rei D. Carlos I e do Principe Real Luís Filipe de Bragança, no Regicídio de 1º de fevereiro de 1908, que contribuíram para a instituição da república portuguesa na década seguinte.


Por outro lado,o terremoto de São Francisco, nos Estados Unidos, em 1906, foi um violento sismo que ocorreu às 5:14 horas da manhã do dia 18 de abril daquele ano. A magnitude foi estimada em média, 8.0 na Escala Richter. O abalo, muito devastador, teve uma duração de aproximadamente 28 segundos morrendo milhares de pessoas.
Outras cidades sofreram estragos importantes, tais como Santa RosaSão José e a também a Universidade de Stanford.
No terremoto de São Francisco, cerca de 225.000 pessoas ficaram desabrigadas o que representava 56% do total de habitantes daquelas áreas.

Nos primeiros anos do século XX, o telégrafo, tanto por terra como submarino, deixou mais próximas as cidades de quase todo o mundo. As notícias fluíam pelo mundo afora!
Os navios partiam de Londres e Liverpool com destino aos grandes portos. 
As cidades surgiam e cresciam. A maioria refletia a expansão dos comércios, principalmente o europeu. Os meios de transporte se modernizavam.

O século XX surgia com uma força extraordinária, resplandecente. Era o início de uma nova era!

Comentários

Postagens mais visitadas