Birds & Eggs

Aves. Habitats, reprodução.

domingo, 25 de setembro de 2011

Coruja
Corujas, aves pertencentes à família Strigidae e à ordem Strigiformes.

As corujas são aves de rapina, de hábitos noturnos, tímidas, solitárias e de voo silencioso, devido à estrutura de suas penas.
Alimentam-se de pequenos mamíferos, principalmente roedores e, insetos e aranhas.
São encontradas em todos os continentes, exceto o da Antártida.
Existem 126 espécies de corujas sendo que 18 vivem no Brasil.
No período de reprodução, o macho oferece alimento à fêmea e, quando a presa é aceita, ocorre o acasalamento. À cada período, a fêmea põe de 3 a 5 ovos e a incubação é de 33 dias, aproximadamente. Os filhotes começam a voar, em média, em 75 dias.
As maiores corujas vivem de 15 à 20 anos.

Coruja-do-campo
A Coruja-do-campo, também conhecida como Coruja Caburé, Coruja-buraqueira, Caburé-de-cupim, Caburé-do-campo, Coruja-barata, Coruja-mineira, Corujinha-buraqueira, Corujinha-do-buraco, Guedé, Urucuera, Urucureia, Urucuriá, é uma coruja pequena e, quando adulta, mede cerca de 20 cm e pesa em torno de 65 gramas.
Costumam viver em campos abertos, pastos, restingas, em regiões desérticas, planícies. 
As Corujas-do-campo, são ativas tanto durante o dia quanto à noite. 
Alimentam-se de insetos, rãs, lagartixas, pequenas cobras e de outras aves, como pardais, beija-flores. 
A Coruja-do-campo ocorre do Canadá à Terra do Fogo, ao sul do continente americano. No Brasil é encontrada em quase todas as regiões, exceto na Amazônia.
O macho é menor que a fêmea.
A Coruja-do-campo, canta o ano inteiro e com mais frequência durante o dia. Constrói o seu ninho em buracos de árvores e em buracos cavados no solo.
Das corujas, é a mais comum no Brasil e o seu nome científico, Glaucidium brasilianum, significa - pequena coruja brasileira.

Coruja-das-torres
A Coruja-das torres, Tyto Alba, pertence à família dos titonídeos, conhecida também como coruja-da-igreja, coruja-branca, coruja-católica e rasga-mortalha. Habita todos os continentes, exceto a Antártida. Gosta de lugares abertos. Tem excelente visão noturna.
A Coruja-das-torres possui a visão cem vezes melhor que a dos homens e necessita de apenas 10% da luz que o olho humano requer para distinguir alguma coisa.

Coruja-pequena
A Coruja-pequena, Bufo-pequeno ou Mocho-pequeno, Asio Otus, habita a Europa e América do Norte. É uma ave muito discreta e, portanto, rara de observar.
Durante a época de nidificação frequenta zonas arborizadas com clareiras e matas abertas. Pode aparecer, também, em zonas agrícolas com pouca ou nenhuma árvore.

Coruja-das-neves
A Coruja-das-neves ou Coruja-do-ártico, Bubo scandiacus, é uma ave solitária, silenciosa e discreta. 
Mede entre 53 e 65 cm de comprimento, com envergadura entre 125 e 150 cm. O seu peso varia de 1,8 kg até 3,0 kg. Caça à qualquer hora do dia ou da noite, considerando-se que o sol, no verão ártico,  está quase todo o tempo presente.

Corujão-orelhudo
O Corujão-orelhudo, Mocho-orelhudo, Jucurutu ou Coruja-da-virgínia, Bubo Virginianus, é a única do gênero Bubo que vive nas Américas, ocorrendo da América do Norte à Terra do Fogo. No Brasil aparece nas regiões da Amazônia, Centro-oeste, Nordeste e Leste.
É a maior coruja do continente americano, com mais de 50 cm de comprimento e peso superior a 1,0 kg.

Coruja-do-nabal
A Coruja-do-nabal, Coruja-dos-campos, Coruja-do-banhado ou Mocho-dos-banhados, Asio flammeus, mede cerca de 37 cm de comprimento. Migra da América do Norte, atravessando os Andes até a Terra do Fogo. Vive nos banhados e caça durante o dia. No Brasil, ocorre em Minas Gerais, São Paulo e também, no Rio Grande do Sul.
Ocorre em Portugal, no inverno, em zonas úmidas do centro e sul do país.  
                                                   

Imagens - Free Software Foundation.
                                                                                                         
Vida,



[Fontes,

Comentários

  1. Claudete Silveira Nunes27 de setembro de 2011 22:03

    PARABÉNS !!!ESTÁ EXCELENTE TUA REPORTAGEM SOBRE AS CORUJAS'Obrigado pela homenagem rsrsrs.
    bjus

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas